Bitcoin sobe 640% em um ano; Bitcoin Cash dispara 70% nas últimas 48h

18/08/2017 | por Admin | em Destaque

Os investimentos em criptomoedas estão performando muito acima dos investimentos tradicionais, como ações em bolsa de valores, ouro e títulos governamentais. O Bitcoin, a mais antiga e principal criptomoeda, obteve valorização de 642,44% nos últimos 12 meses, de acordo com dados do site investing.com.

Em meados de agosto de 2016, um bitcoin valia US$573 no mercado internacional, enquanto que atualmente ele está oscilando entre US$4200 e US$4400, chegando a bater o recorde histórico de US$4489,10.

O mês de agosto de 2017 tem sido um dos mais importantes para a história do Bitcoin. Vários eventos de cunho técnico ocorreram e os investidores passaram a acreditar ainda mais na tecnologia. O principal deles tem a ver com o debate sobre a escalabilidade da rede do Bitcoin. Depois de ver sua rede sofrer uma bifurcação no dia 1º de agosto, com a consequente criação de uma moeda alternativa, o Bitcoin Cash (BCH), o Bitcoin original prepara-se para a proposta de melhoria da rede denominada SegWit ser ativada em sua rede, provavelmente por volta do dia 23 de agosto. O SegWit permitirá que uma série de melhorias possam ser feitas e que mais transações possam ocorrer em relação ao limite atual de transações, que é de sete por segundo.

Alguns desenvolvedores também estão planejando para o mês de novembro a implementação do SegWit2x, que seria uma nova bifurcação da rede do bitcoin que também teria como consequência a criação de uma nova moeda. Esta, contudo, teria um limite para os blocos de transação de 2MB ao invés do atual 1MB. A proposta de bifurcação da rede é defendida por boa parte dos mineradores, mas não possui apoio dos desenvolvedores do Bitcoin Core, o grupo responsável pela manutenção do código do Bitcoin original. O debate ainda deve prosseguir acalorado pelos próximos meses.

O trader de criptomoedas e ex-vice-presidente do JP Morgan Chase Tone Vays disse no Twitter que ele acredita que o bitcoin continuará com tendência de alta por pelo menos mais cinco semanas. A recomendação deste experiente negociador é de manter as posições em bitcoin por pelo menos durante esse período.

Bitcoin Cash

Depois de passar por algumas semanas de provação, o Bitcoin Cash viu seu preço valorizar 72% entre os dias 17 e 18 de agosto, depois que um bloco com tamanho máximo de 8MB foi minerado. A cotação dessa moeda que estava em torno de US$300, chegou a ultrapassar os US$580, no momento que este post era escrito.

Boa parte dos traders que seguem a linha do grupo de desenvolvedores do Bitcoin Core optou por se desfazer da moeda, quando ela valia em torno de US$300 e trocá-la por Bitcoin. Aqueles que mantiveram em suas carteiras os BCHs devem acompanhar o desenvolvimento desta moeda, que pode se firmar como a segunda principal criptomoeda de todo mercado.


18/08/2017 Compartilhar